Aviação tem prejuízo diário de R$ 50 milhões com greve

Telegram

A aviação comercial brasileira registra prejuízo diário de R$ 50 milhões desde o início da greve de caminhoneiros, segundo a Abear, a associação das companhias aéreas.

Os custos, informa a Folha, envolvem cancelamentos, pousos técnicos para reabastecimento e atendimento a passageiros que deixaram de embarcar, entre outros itens.

Desde segunda, quando a greve começou, mais de de 270 voos foram cancelados “nos mais diversos aeroportos do país”, afirma a nota da associação.

A Abear reúne as quatro principais empresas de aviação brasileiras (Avianca, Azul, Gol e Latam), que respondem por 99% do transporte aéreo comercial no país.

 

Comentários

  • Arthur -

    E daí? Quanto que o povo todo perde por dia com esses bandidos e corruptos que aí estão? Que se dane o que essas empresas estão perdendo! Quero mais que quebrem mesmo! Resolveram demonizar os caminhoneiros, mas eles são os únicos certos nessa história toda!

  • V. -

    Sinto pela Azul e pelas empresas médias e pequenas, mas a Gol e Tam têm mais que se fuderem!!

  • Eles -

    Sao outros amigos da orcrim q merecem levar um prejuizo.Tao explorando o povo desde q o molusco mandou os "pobres'andar de aviao.Sao as oligarquias associadas a cleptocracia.

Ler 23 comentários