Banco Central intervém, mas dólar continua subindo

Banco Central intervém, mas dólar continua subindo
Foto: Reprodução/Agência Brasil

O Banco Central precisou intervir para tentar segurar a disparada do dólar, em meio às reações do mercado à interferência de Jair Bolsonaro na Petrobras.

A autoridade monetária anunciou oferta líquida de até 1 bilhão de dólares com os chamados swaps cambiais tradicionais — o equivalente a uma venda de dólares no mercado futuro.

O Banco Central também optou por leilões de rolagem de swaps cambiais e de linhas de dólar com compromisso de recompra.

Há pouco, porém, a moeda americana continuava subindo: alta de 2,02%, cotada a R$ 5,49.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO