Batendo em outra tecla

Dividir os recursos da repatriação não é a única tecla martelada pelos governadores, na reunião com Henrique Meirelles hoje.

Segundo Luiz Fernando Pezão declarou a jornalistas, o grupo também busca apoio do governo federal para que o Congresso vote, com urgência, o projeto que permite que os Estados vendam dívidas das quais são credores.

Seria uma forma de antecipar recursos que, de outro modo, levariam anos para pingar nos cofres públicos.

Em economês, é a famosa securitização da dívida ativa dos Estados. Quem compraria? Investidores que precisam de dinheiro de longo prazo, como seguradoras, fundos de pensão etc.

Faça o primeiro comentário