BC aumenta de R$ 10 mil para R$ 100 mil limite para registrar transferência internacional

O Banco Central é coerente.

No mesmo dia em que aumentou de US$ 100 mil para US$ 1 milhão o limite para declarar bens fora do Brasil, também aumentou o limite das transferências internacionais.

Antes, a regra era: “a movimentação ocorrida em conta de depósito de pessoas físicas ou jurídicas residentes, domiciliadas ou com sede no exterior, de valor igual ou superior a R$10.000,00 (dez mil reais), deve ser registrada no Sisbacen, na forma estabelecida pelo Banco Central do Brasil”.

É o que consta em resolução de 2008, ainda da época de Henrique Meirelles.

Hoje, Roberto Campos Neto decuplicou esse limite para R$ 100 mil. Leia AQUI a resolução.

Leia mais: Como governos compram apoio de veículos de comunicação
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários
TOPO