BC pode agir após Trump

Ilan Goldfajn diz que o BC está acompanhando o efeito da vitória de Donald Trump nos mercados internacionais e no Brasil e agirá se necessário. Ele se reuniu pela manhã com Henrique Meirelles.