Bolsa recua 1,5% após atrito entre Guedes e Marinho

Bolsa recua 1,5% após atrito entre Guedes e Marinho
Foto: B3

Após operar em alta pela manhã, a Bolsa de São Paulo acompanhou os índices globais, em queda depois do diagnóstico de Covid-19 de  Donald Trump, e fechou o pregão desta sexta-feira (2) em baixa de 1,5%, a 94.015 pontos.

Outros fatores que contribuíram para a queda, segundo analistas, foram o recuo de 4% no preço do petróleo e —no caso do Brasil— o atrito aberto entre Paulo Guedes e Rogério Marinho.

Investidores temem que o Renda Cidadã, ou Renda Brasil, seja financiado fora do teto de gastos e sem cortes em outras áreas, o que pioraria a situação fiscal do país.

O dólar fechou hoje em leve alta, de 0,2%. Terminou o dia cotado a R$ 5,66, maior valor desde 5 de maio

Leia mais: Combo Crusoé e O Antagonista+: comece a ler por apenas R$ 1,90
Mais lidas
  1. Huck 2026?

  2. Médica de Rondônia ri de intubação de pacientes

  3. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

  4. Bolsonaro contradiz governador do AM e alega que governo não foi informado de falta de oxigênio

  5. Mensagens de WhatsApp revelam que militares bolsonaristas perderam a chance de comprar vacinas

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO