Bolsonaro contraria Economia e diz que alta do arroz é resultado de inflação

Bolsonaro contraria Economia e diz que alta do arroz é resultado de inflação
Foto: Reprodução/TV Brasil

Jair Bolsonaro afirmou há pouco, em live, que o aumento do preço do arroz e da cesta básica foi resultado da inflação.

A declaração contraria o Ministério da Economia. O secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, disse na semana passada que o aumento não era resultado da inflação, porque “não era generalizado, mas localizado em alguns produtos da cesta básica”.

Segundo Bolsonaro, a inflação pode ser explicada pelo aumento do dinheiro em circulação, em razão do pagamento do coronavoucher.

“Chegou a hora da verdade, não poderia continuar com R$ 600. Se pudesse ia até morrer para todo mundo, olha que maravilha. Só que a consequência de dinheiro no mercado à vontade é inflação. E teve inflação, olha a cesta básica, que teve uma alta razoável.”

E completou:

“Vem uma supersafra de arroz neste ano e no começo do ano que vem. Nós também isentamos de imposto de importação 400 mil toneladas de arroz, que vem dos EUA para nós. Para ver se baixa o preço, porque o jeito de baixar o preço é usando a lei da oferta e da procura.”

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: a aliança para enterrar a proposta de prisão após condenação em segunda instância
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 57 comentários
TOPO