Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro dá ultimato a Guedes sobre Renda Brasil

Bolsonaro dá ultimato a Guedes sobre Renda Brasil
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Jair Bolsonaro deu prazo de até três dias para que o ministro Paulo Guedes apresente uma nova proposta para o Renda Brasil, o substituto do Bolsa Família que virou ponto de discórdia entre o Planalto e a equipe econômica.

O presidente não concordou com a extinção de outros benefícios, especialmente o abono salarial etc, e avisou que “não vai tirar dos pobres para dar aos paupérrimos”.

A revisão do abono, por exemplo, poderia abrir um espaço fiscal de R$ 20 bilhões, para colocar de pé o Renda Brasil, considerado o carro-chefe da reeleição de Bolsonaro. Há semanas, a equipe de Guedes vem fazendo cálculos para evitar furar o teto de gastos.

Dessa forma, previu acabar com deduções de IR para pessoa física e com auxílios sociais já existentes, como abono salário do PIS/Pasep, o seguro-defeso (pago a pescadores) e o Farmácia Popular. Isso poderia liberar orçamento a ser empregado no Renda Brasil.

Ao manter o compromisso com o teto de gastos, o presidente teme que o seu programa de renda mínima fique bem menor do que o coronavoucher e mais próximo ao próprio Bolsa Família, que hoje paga em média R$ 190 a 14 milhões de famílias.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....