Bolsonaro sanciona autonomia do Banco Central

Bolsonaro sanciona autonomia do Banco Central
Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta, 24, o projeto que institui a autonomia do Banco Central, tratada como prioritária pela equipe chefiada por Paulo Guedes.

Na cerimônia no Planalto, o presidente disse que sancionou a proposta por confiar na “capacidade” e “honestidade” de Roberto Campos Neto, o atual presidente do BC.

Pela nova lei, o presidente e os oito diretores da autarquia terão mandatos fixos de quatro anos, com uma recondução permitida.

LEIA AQUI a reportagem de Ana Viriato na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO