Bomba relógio econômica

A recessão no Brasil será longa e profunda, com uma queda do PIB de 4,7% em 2016 e de mais 3,2% em 2019. Trata-se de uma “bomba relógio” para a presidente Dilma Rousseff. A opinião é do banco Natixis, um dos mais pessimistas sobre o crescimento econômico brasileiro. “Não vemos nenhum ponto positivo para o país”, ressaltam Anne-Lise Cornen, Juan Carlos Rodado e Yuze Yuan, que assinam a análise.