Bye bye, CPMF

Dilma desistiu de recriar a CPMF, informa a Folha. A decisão foi tomada em reunião com Aloizio Mercadante, Joaquim Levy e Nelson Barbosa, os mesmos que a aconselharam a adotar o imposto para cobrir o rombo de R$ 80 bilhões no Orçamento.

Mercadante, Levy e Barbosa não previram a reação negativa do mercado e de seu próprio aliado, o PMDB. Eles não conseguem prever nada.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200