Cade recomenda à Petrobras não vender refinarias sem aval do órgão

Cade recomenda à Petrobras não vender refinarias sem aval do órgão
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O procurador-chefe do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Walter de Agra Júnior, recomendou hoje à Petrobras não vender suas refinarias sem prévia autorização do órgão.

Ele citou acordo celebrado entre o órgão e a estatal em junho de 2019 para encerrar uma investigação sobre abuso econômico no mercado de refino brasileiro de petróleo.

“Sugere-se que não seja concretizada qualquer das vendas acordadas no TCC sem a prévia análise da proposta integral pelo Cade”, diz o ofício enviado à Petrobras.

No último dia 8, a Petrobras anunciou a venda da Refinaria Landulpho Alves, na Bahia, para a Mubadala Investment Company, que administra o fundo soberano de Abu Dhabi.

O valor acertado, de US$ 1,65 bilhão (R$ 8,9 bilhões), é contestado por sindicatos dos petroleiros e por pequenas distribuidoras de combustíveis.

A Petrobras ainda pretende vender ao menos outras sete refinarias espalhadas pelo país.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
TOPO