ACESSE

Caixa agora inclui ITBI e custo com cartório em financiamentos de imóveis

Telegram

A Caixa Econômica Federal decidiu incluir no financiamento imobiliário o Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis, o famigerado ITBI, e os custos de cartório relativos à escritura. O total não pode ultrapassar 5% do valor do financiamento contratado com dinheiro da poupança e 4% no caso de ser feito com recursos do FGTS. O valor máximo do imóvel a ser financiado pelo banco é de 1,5 milhão de reais.

Com a medida, a Caixa estima que o impacto positivo na economia será de 2,5 bilhões de reais até o final de 2020 e de 5 bilhões em 2021.

Outra boa notícia: os registro dos imóveis serão eletrônicos de agora em diante, o que permite que o tempo de espera caia para cinco dias — atualmente, é de um mês e meio.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim

Comentários

  • Wanderlei -

    Boa medida.

  • Severino -

    Ótima notícia

  • Franc -

    O que atrapalha não é o ITBI, mas sim os 20% que a caixa não financia, e se é para ajudar, baixa o juro perto da SELIC atual...

Ler 5 comentários