Câmara articula derrubar aumento da cota de importação de etanol

A Câmara aprovou hoje a urgência do projeto de decreto legislativo que suspende decisão do governo de aumentar a cota para importações anuais de etanol sem tarifa, informa a Folha.

A aprovação da urgência é parte da articulação para derrubar a portaria publicada no final de agosto, pela qual o governo Bolsonaro elevou de 600 milhões para 750 milhões de litros a cota para importações anuais do combustível.

A medida beneficia principalmente os EUA, principal exportador de etanol para o Brasil, e foi celebrada por Donald Trump no Twitter.

Os deputados argumentam que a medida tem impacto sobre os produtores brasileiros e precisa ser discutida pelo Congresso.

 

Comentários

  • antonio -

    Temuito que derrubar sim qué o setorestoresto não se recuperou da era do pt. Sem contrapartida não pode

  • EVANDRO -

    Derruba sim, mas derruba também a Agencia reguladora que obriga o produtor a entregar o etanol pros atravessadores.

  • André -

    Sabe quem sairá perdendo? O consumidor final (eu e você) que irá pagar mais caro. Quem ganha? os cartéis de combustíveis, agricultores de cana e politicos e milicianos que lavam dinheiro com post

Ler 66 comentários