“Cavalo de pau”

As empresas de cartão de crédito já começaram a bombardear a ideia de reduzir o prazo de repasse de pagamentos para os lojistas.

“Entendemos que um cavalo de pau não seria apropriado”, afirmou Marcelo Noronha, presidente da Abecs, a jornalistas.

Faça o primeiro comentário