O petrolinho

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou à Justiça Walter Dettmer Neto. Ele é acusado fraudar o ICMS em R$ 2,493 milhões, por meio da Petropar Petróleo e Participações, sua distribuidora de combustíveis.

A ação do MPF afirma que foram identificadas 24 ocasiões de fraude fiscal. A empresa teve sua licença cassada pela ANP há um ano. As dívidas totais chegam a R$ 250 milhões.

Faça o primeiro comentário