ACESSE

Combustíveis, alimentação e bebidas puxam inflação em junho

Telegram

O índice oficial de inflação ficou em 0,26% em junho, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE.

O resultado vem depois de dois meses consecutivos de deflação, em meio ao impacto causado pela epidemia de Covid-19.

Em abril, o IPCA ficou em -0,31%. Em maio, -0,38%.

A inflação de junho foi impulsionada pela alta nos preços dos combustíveis. Desde o início de maio, a Petrobras anunciou oito aumentos no valor da gasolina nas refinarias.

Alimentação e bebidas também tiveram forte impacto no resultado do mês passado.

No acumulado do ano, o IPCA está em 0,1%. Nos últimos 12 meses, o índice acumulado é de 2,13%.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • jota -

    Só 0,26% de inflação? Alimentos subiram exageradamente nos últimos meses.

  • Jair -

    A desvalorização do real vai gerar uma inflação acima de 5% daqui 2 anos. Bolsonaro = Dilma. Guedes = Mantega

Ler 2 comentários