Como íamos dizendo

Novo Boletim Focus: inflação de dois dígitos em 2015 e recessão em 2016.

O Banco Central poderia pagar ao Antagonista por essas previsões.