Confiança melhorou, mas não é suficiente

Presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn disse que houve progressos palpáveis na confiança e credibilidade do País, mas não significa que sejam suficientes.

Há necessidade de continuar esse trabalho. Os juros longos já caíram 500 pontos básicos desde abril.

A crise é severa e por isso ainda há muito trabalho a fazer, afirmou Ilan aos senadores da CAE.

Faça o primeiro comentário