Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Confaz congela ICMS de combustíveis por 90 dias

A decisão é uma tentativa de frear o andamento da proposta aprovada na Câmara que muda a regra de cálculo do imposto sobre a gasolina e o diesel
Confaz congela ICMS de combustíveis por 90 dias
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprovou, por unanimidade, o congelamento do valor do ICMS cobrado nas vendas de combustíveis por 90 dias. Caso a Petrobras não promova nenhuma alta nos preços da gasolina e do diesel, os valores cobrados nas bombas ficarão inalterados entre 1º de novembro de 2021 até 31 de janeiro de 2022.

A decisão do colegiado que reúne os secretários de Fazenda de todos os estados é uma tentativa de frear o andamento da proposta aprovada na Câmara que muda a regra de cálculo do ICMS sobre os combustíveis.

Hoje, o tributo cobrado pelos estados tem como base o preço médio da gasolina, do diesel e do etanol nos 15 dias anteriores.

Pelo projeto aprovado pela Câmara, os estados serão obrigados a considerar o preço médio dos combustíveis em 2020 e 2021 ao fazer a cobrança do ICMS ao longo de 2022.Setor público registra superávit de R$ 12,9 bilhões em setembro.

A proposta está no Senado e os governadores querem evitar que o texto seja aprovado pelos parlamentares.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....