Contas do governo central têm rombo de R$ 3,6 bi em outubro

Contas do governo central têm rombo de R$ 3,6 bi em outubro
Foto: Divulgação

As contas do governo central, formado por Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social, registraram um déficit primário de R$ 3,6 bilhões em outubro. No mesmo período de 2019, houve superávit de R$ 8,7 bilhões.

Apesar do rombo, não foi o pior resultado para os mês da série histórica iniciada em 1997 pelo Tesouro: o recorde é da gestão Dilma Rousseff em outubro de 2015, quando as contas registraram nada menos que R$ 13,1 bilhões de déficit.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO