Crise na Argentina afeta Brasil

Segundo relatório da Instituição Fiscal Independente publicado pela Folha, a crise na Argentina deve influenciar a revisão do PIB do Brasil neste ano.

A Argentina é o principal destino das exportações de carros do Brasil. E as vendas de veículos leves, caminhões e ônibus em julho tiveram uma queda de 4,4% em relação ao mesmo mês do ano passado (a indústria automobilística representa cerca de 22% do PIB industrial e 4% do total).

“O setor vai apanhar mais um pouco com a crise na Argentina. Não acredito que vá representar mais que 3,5% do PIB neste ano [2018]. O impacto não é desprezível, apesar de não ser trágico”, disse Celso Grisi, professor de comércio exterior da USP.

Mais notícias
TOPO