ACESSE

Crise pode fazer governo cortar verba de ministérios, afirma secretário

Telegram

O Ministério da Economia afirmou que o impacto causado pela epidemia do novo coronavírus e a crise do petróleo podem forçar o governo a cortar verbas de ministérios, relata a Folha.

Segundo Waldery Rodrigues, o secretário especial de Fazenda da pasta, o contingenciamento das verbas é o cenário mais provável.

Waldery disse ainda que as novas projeções das contas do governo levarão em conta a variação no preço do petróleo –a queda do valor do barril prejudica a arrecadação com royalties.

O secretário também voltou a afirmar que a projeção para o PIB de 2020 será revista para baixo, mas manteve a previsão que havia feito na última semana: ela deve ficar pouco acima de 2%.

Leia também: A suspeita de um plano de espionagem no Planalto?

Comentários

  • Ocirene -

    Cont: os 7 milhões pra o ALCOLUMBRE OS 3,8BI QUE FOI DADO AO ALCOLUMBRE,dinheiro SURRUPIADO DO MINISTÉRIO DESENV. REGIONAL, VIAGENS , FESTAS, O PRESIDENTE ESTÁ GOVERNANDO OU DANDO NOSSO DINHEIRO? GADO

  • Ocirene -

    Que pouca VERGONHA, vir dizer que impacto do CORONA VIROS, PODR IMPLICAR COTTE VERBAS DOS MINISTERIOS? E OS CARTÕES CORPORATIVOS, OS 30BI DE PRESENTE AOS DEPUPADOS, 2 BI DO FUNDÃO, 7 MILHÕES P/ O ALCO

  • Ocirene -

    NÃO PODEMOS ACEITAR CORTE NAS VERBAS DOS MINISTERIOS,PRESIDENTE TEM DINHEIRO P/ FAZER ACÓRDÃO COM O CONGRESSO + DE 30 BI DO ORÇAMENTO, P/ FARRA ISTO É NOS ROUBAR NA CARA DE PAU,C/ OS CARTÕES CORPORATI

Ler 16 comentários