CVM proíbe compra de criptomoedas por fundos de investimento

A CVM acaba de proibir a compra de moedas virtuais, como o Bitcoin, por fundos de investimento regulados e registrados no país.

Em ofício a administradores e gestores de fundos, reproduzido pelo G1, a Superintendência de Relações com Investidores Institucionais da CVM afirma que as criptomoedas “não podem ser qualificadas como ativos financeiros” e que, por isso, sua aquisição direta pelos fundos de investimento não é permitida.

“No Brasil e em outras jurisdições tem se debatido a natureza jurídica e econômica dessas modalidades de investimento e não se chegou a nenhuma conclusão, em especial no mercado e regulação domésticos”, disse o superintendente Daniel Maeda.

O bitcoin variou de US$ 20 mil para menos de US$ 12 mil na segunda quinzena de dezembro. Hoje, estava sendo negociada a US$ 13,9 mil.

Comentários

  • Mark -

    Decisão certa. Quem quiser especular ou investir em bitcoins que o façam sozinhos assumindo o seu próprio risco. O que não tem sentido é que administradores de fundos impunham isto a seus clientes. É ridículo ouvir palpiteiros dizerem que a CVM proibiu investimentos em bitcoins ou criptomoedas em geral. O como se a PF resolvesse proibir o uso de balas perdidas.

  • Seila -

    Por que na época também não proibiram a venda de ações das empresas de papel do Aique Vigarista? Aquilo sim foi uma tremenda de uma vigarice!

  • Hell -

    Já já que vão permitir algumas das Cryptomoedas ( as mais líquidas e que não são fraude pura ) que tem por aí desde que o governo consiga taxá-las, por outro lado os bancos e seguradoras que eram totalmente contra agora já estão interessados na tecnologia do BLOCKCHAIN que realmente irá revolucionar nosso MUNDO, penso que até 2040 quase 100% das transações serão nesse sistema o que será muito bom para todos nós pois trará muito mais segurança em nossas vidas.

Ler 13 comentários