Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Depois da Evergrande, construtora chinesa alerta sobre risco de calote

A Sinic Holdings Group comunicou à Bolsa de Hong Kong que não deve conseguir pagar um título de US$ 250 milhões
Depois da Evergrande, construtora chinesa alerta sobre risco de calote
Foto: Reprodução, Deutsche Welle

A construtora chinesa Sinic Holdings Group alertou recentemente sobre o risco de dar um calote em suas dívidas.

A empresa, listada na Bolsa de Xangai, afirmou, em comunicado à Bolsa de Hong Kong, que espera não conseguir pagar um título de US$ 250 milhões com vencimento em 18 de outubro.

Segundo a Bloomberg, a empresa tem US$ 694 milhões em títulos em circulação. A companhia deixou de fazer os pagamentos domésticos em setembro, provocando uma queda de 87% nas ações.

As incertezas sobre a Evergrande ainda pesam sobre o setor. A empresa, à beira da falência, tem uma dívida de mais de US$ 300 bilhões e recentemente fez um pequeno acordo com um credor local para evitar o calote dos juros de um título.

Mais notícias
TOPO