Desemprego recua, mas segue alto

O desemprego ainda atinge 12,2 milhões de brasileiros, segundo o IBGE.

Houve uma redução de 3,9% (queda de 501 mil pessoas) na comparação com o trimestre anterior e de 2,9% (menos 364 mil pessoas) em relação ao mesmo período de 2017, registra o G1.

2019 não será um ano para amadores. Conte com a ajuda de especialistas para chegar são e salvo a 2020 AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 30 comentários
  1. Bolsonaro tem que sair da casinha no Recreio e dar uma volta no Largo da Taquara. É impossível andar nas calçadas por causa da quantidade de camelos. E o número aumenta geometricamente

    1. Novinha, querida, acorda. Eu sou informal e não dependo nem do governo e nem de patrões. Porque pagaria impostos? Porque voltaria a ter carteira se meu rendimento é 4x maior?

  2. Continua essa censura babaca de 192 caracteres… Medo da reação dos leitores ou apenas desprezo por quem faz o ganha pao dos antas? O careca eh esquerdinha e o cara de noiado nem mora aqui.

  3. Com a expectativa de dias melhores, com menos governo e impostos e mais ordem e segurança, os empresários com mais coragem para empreender já estão investindo e contratando, pois terão retorno.

    1. E os impostos sobre as empresas? Juros são fichinhas perto da tributação escorchante que penalizam a produção e o mercado de trabalho…. São cegos?