Deutsche Bank: Brasil está mal também no varejo

O Brasil está mal no atacado da macroeconomia e no varejo das expectativas de ganho das empresas. O Deutsche Bank elevou de 250 para 300 pontos a estimativa de risco-país. Isso não deixa apenas o governo mal na fita. Também acarretou um corte no preço-alvo de ações de 10 varejistas brasileiras, por uma série de cálculos de análise financeira. Mas, na prática, isso significa o seguinte: seu potencial de valorização na Bolsa está menor.

Faça o primeiro comentário