Dilma errou na conjugação

Em mensagem ao Congresso, Dilma Rousseff, a ex-guerrilheira de esquerda, defendeu os ajustes na economia (leia-se aumentos de impostos e tarifas) e disse: “Não promoveremos a recessão e e o retrocesso”. De fato, não. Ela e os seus ministros já promovem a recessão e o retrocesso. Basta ver a última estimativa do mercado que aponta para crescimento próximo de zero (O Antagonista tem  certeza de que só a maquiagem impedirá taxas negativas) e  inflação que superará 7% em 2015.
O único ajuste eficaz seria tirar Dilma da Presidência da República.