Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Diretoria deve sair junto com Castello Branco

Diretoria deve sair junto com Castello Branco
Divulgação

“Toda a diretoria da Petrobras pretende sair junto com o presidente Roberto Castello Branco, e o Conselho de Administração terá que ser também demitido caso a substituição de Castello Branco no Conselho pelo General Joaquim Silva e Luna se dê antes de 25 de março, quando termina seu mandato de dois anos como conselheiro.”

A informação é de Merval Pereira.

Ele diz que, se o futuro presidente da Petrobras, General Joaquim Silva e Luna, chegar com uma proposta de mudar o critério adotado para reajuste do preço dos combustíveis, é provável que o Conselho se demita.

“O Conselho se reuniria na terça-feira para reconduzir Castello Branco e toda a diretoria, mas agora a pauta mudou: analisarão a nomeação do general. A crise do aumento dos combustíveis tem origem em uma pressão do próprio Conselho sobre o presidente, pois a maioria dos conselheiros achava que os aumentos estavam sendo dados com atraso, pela cautela de Castello Branco em não criar problemas com o presidente Bolsonaro. O aumento recente foi maior do que o habitual justamente pela necessidade de atualizar os preços de acordo com o mercado internacional. A Petrobras perdeu hoje mais de 30 bilhões em valor de mercado.”

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO