ACESSE

Discordância sobre seguro-desemprego atrasa votação de pacote de US$ 2 trilhōes no Senado americano

Telegram

Tudo estava pronto para o Senado americano aprovar agora à noite o pacote de 2 trilhōes de dólares de salvamento da economia americana (e mundial), quando quatro senadores republicanos resolveram obstruir o fast track combinado para a votação.

O motivo é que eles querem ver discutida a parte do pacote destinada ao seguro-desemprego. Eles argumentam que a ajuda prevista para cada desempregado, maior do que muitos salários, estimulará muita gente a não procurar trabalho ou a acertar-se com o empregador para continuar a trabalhar depois de demitido, só que paga com dinheiro público.

O pacote prevê, ainda, um benefício de 1.200 dólares para adultos com renda de até 75.000 dólares ou famílias com renda de até 150.000 dólares, mais 500 dólares por criança.

Leia também: O vírus chega ao Palácio.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários