Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Dólar deveria estar caindo, mas 'barulho político' não deixa, diz Guedes

Ministro afirmou que atores 'cometem excessos', incluindo o presidente, e que câmbio de equilíbrio estaria entre R$ 3,80 e R$ 4,20 —dólar fechou a R$ 5,257
Dólar deveria estar caindo, mas barulho político não deixa, diz Guedes
Foto: Washington Costa - ASCOM/ME

Em evento do BTG Pactual nesta terça (14), Paulo Guedes afirmou que o dólar deveria estar caindo, mas isso não ocorre porque o “barulho político” não deixa.

Para o ministro da Economia, o câmbio de equilíbrio no país deveria ser entre R$ 3,80 e R$ 4,20 —a moeda americana fechou hoje cotada a R$ 5,257.

Guedes disse ainda que “os atores comentem excessos” e citou como exemplo os embates entre seu chefe, Jair Bolsonaro, e ministros do STF.

“Às vezes o presidente sai do cercado, às vezes um ministro do STF prende pessoas, toda hora tem um que pula fora da cerca, dá um passeio no lado selvagem. O que acontece? As instituições se aperfeiçoam e convidam o cidadão a voltar para o cercadinho. São robustas as instituições”, declarou o ministro, insistindo em que o dólar deveria estar em outra trajetória.

“Estamos indo para meio trilhão de dólares de corrente de comércio com o mundo, nunca aconteceu antes, US$ 100 bilhões na balança comercial, nunca aconteceu antes. […] Então, esse dólar já era para estar descendo mesmo, mas o barulho político não deixa descer.”

 

Mais notícias
TOPO