Dólar, o último refúgio