Dólar, o último refúgio

Faça o primeiro comentário