Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Doria pede que Lira questione Petrobras sobre alta nos combustíveis

Durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, o governador de São Paulo afirmou que é a estatal que fixa os preços
Doria pede que Lira questione Petrobras sobre alta nos combustíveis
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo/YouTube

O governador de São Paulo, João Doria, criticou nesta quarta-feira (29) a proposta defendida por Arthur Lira e Jair Bolsonaro que prevê um valor fixo para o ICMS dos combustíveis. Em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, o tucano negou que a alta nos preços esteja ligada ao imposto e sugeriu que o presidente da Câmara questione a Petrobras sobre os reajustes.

Quem fixa o preço do combustível no Brasil não são os estados, os governadores, nem mesmo o ICMS, é a Petrobras. A Petrobras, neste momento, pertence ao governo federal. Recomendo ao deputado Arthur Lira que indague à Petrobras o porquê dos aumentos constantes nos combustíveis, não só combustíveis nos postos, como também o preço do gás, para o consumidor e para uso industrial.”

Também durante a coletiva, o secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, defendeu a redução na margem de lucro da Petrobras

A Petrobras está com uma margem de lucro extraordinária. Para atender a uma série de interesses, de empresas, indivíduos e do governo federal, temos uma tentativa de punir os estados. Se queremos controlar o preço da gasolina ou do óleo diesel, é muito simples. É preciso diminuir a margem de lucro da Petrobras. Já está com margem extraordinária e precisa diminuir um pouco a remuneração da Petrobras e dos acionistas. É uma tentativa de desviar o assunto“. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO