"É fundamental consolidarmos o lado fiscal", admite Economia

Em documento divulgado hoje, a Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia admitiu que a situação fiscal do país virou um “grande risco”.

“Existem dois grandes riscos para a economia brasileira: no curto prazo é fundamental consolidarmos o lado fiscal; e no longo prazo precisamos aumentar a produtividade total dos fatores. A falha em endereçar qualquer um desses riscos trará consequências negativas severas para nossa sociedade.”

O texto continua dizendo que “o processo de consolidação fiscal é um sólido combustível para o crescimento econômico de longo prazo”.

“Em países muito endividados o aumento do gasto do governo costuma estar associado ao aumento de juros, queda do investimento, aumento do desemprego, queda da atividade econômica e, em alguns casos, aumento da inflação.”

Pois é.

Leia mais: A melhor vacina contra a desinformação é assinar o Antagonista +.
Mais notícias
TOPO