Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"É mais para dar uma folga nas manobras", diz Mourão, sobre aumento do IOF

O vice-presidente afirmou que a nova alíquota vai gerar uma arrecadação de pelo menos R$ 2,1 bilhões até o fim de dezembro
“É mais para dar uma folga nas manobras”, diz Mourão, sobre aumento do IOF
Foto: Alan Santos/PR

Hamilton Mourão, presidente em exercício enquanto Jair Bolsonaro está em Nova York, disse nesta segunda-feira (20) que o aumento na alíquota do IOF vai dar uma “folga” nas contas públicas.

Segundo Mourão, a alta, que vale até 31 de dezembro, vai gerar uma arrecadação de R$ 2,1 bilhões.

“O que pude entender é até o final do ano (a vigência do reajuste). Essa arrecadação não é tão expressiva assim. De R$ 2 bilhões. É mais para dar uma folga nas manobras que estão sendo feitas. O presidente mesmo comentou ontem que muita gente está desempregada, tem muita gente sem perspectiva. Compete ao governo auxiliar”, disse o vice-presidente a jornalistas.

Mourão acrescentou que vai se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que suspendeu a ida aos Estados Unidos, para tratar de alguns assuntos da área, mas não disse quais.

O governo busca mecanismos para bancar o novo Bolsa Família.

Mais notícias
TOPO