“É melhor a informalidade”

Ao comentar os dados divulgados hoje, Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, disse que entre desemprego e informalidade, “não há dúvidas de que é melhor a informalidade”.

Os empregos informais têm ajudado a conter o desemprego.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Informalidade q dá dinheiro é tráfico ou organização criminosa.

    O restante das pessoas da informalidade são exploradas.

    O Ministério do Trabalho chama isto de escravidão urbana ou rural.

    Mas no IBGE se disfarça os números na cara de pau.

    1/4 da população economicamente ativa está fora do mercado de trabalho.
    Educação atrasada gerando milhões de analfabetos funcionais.

    O país agoniza mas teima-se em criar factoides.

Ler mais 10 comentários
  1. Informalidade q dá dinheiro é tráfico ou organização criminosa.

    O restante das pessoas da informalidade são exploradas.

    O Ministério do Trabalho chama isto de escravidão urbana ou rural.

    Mas no IBGE se disfarça os números na cara de pau.

    1/4 da população economicamente ativa está fora do mercado de trabalho.
    Educação atrasada gerando milhões de analfabetos funcionais.

    O país agoniza mas teima-se em criar factoides.

  2. .
    Eu não posso ser FORMAL (por conseguinte, sou Marginal !!!) porque condenado a um crime que não Prescreve em terras Nhambiquaras e de outros índios.
    … Condenado desde 1988 por Justiça Trabalhista.

    — Não posso abrir uma Poupança com minha “mochila” com míseros 500 mil reais.

    — Jogar pros cachorros, tudo bem.
    .

  3. Também entre o emprego formal e a informalidade, esta é melhor do que aquele, pois os direitos trabalhistas só servem de balela ideológica para ser “vendido” aos idiotas úteis. Senão vejamos: a exorbitância recolhida pela empresa e o outro tanto descontado do empregado perfaz praticamente o dobro do que o empregado recebe. Isto é a essência do sub-emprego, sem contar com o engessamento da liberdade de ambos os lados contratantes. A informalidade supre isto de forma magistral.
    Mas como estamos no Brasil doutrinado, poucos conseguem pensar fora da caixinha e questionar toda esta regulamentação traduzida pelo pomposo nome em “conquistas sociais”.

  4. O problema na está na CLT. O problema está na grande quantidade de impostos que pagamos. Pagamos caro pelo consumo, por sermos empregados e muito MAIS CARO POR SERMOS BRASILEIROS.
    .
    Absurdo produtos serem taxados em até 150% ou mais. E pagamos sem a informação correta.
    .
    Enquanto nosso suor for para bancar a mordomia e a corrupção dos três poderes continuaremos a ser um país de Meee#daaa.
    .
    Precisamos de uma reforma tributária e o fim das mordomias dos políticos e magistrados.

    1. Sabe de nada inocente! Se acabarmos com as CLTs e com as dezenas de Justiças e Instancias que atolam o país, o salario do trabalhador dobra e o desemprego cai para um nivel minimo, só assim veremos os preços cairem. Se a par com isso fizermos as Reformas e os indispensáveis fuzilament.os em praça pública de toda essa Mineiragem Juridico-Judicial, da Politicalha e da Parasitagem Burocratica Estatal (ASPONES e seus ASMENES), aí sim poderíamos chegar, daqui a um ou dois seculos, no nivel de uma sociedade decente. EH!… A coisa toda esta muito feia. Semana que vem tô indo embora para a SIRIA.

  5. Os aspones atrás dos balcões de repartições públicas , os legisladores com seus assessores e juristas deveriam antes de assumir um cargo público , ter tido um pequeno comércio , uma pequena construtora, para saber o que a maldita burocracia de um Estado Socialista como o Brasil, inferniza e atrasa o desenvolvimento do país! Mas infelizmente a farra dos Concursos Público no Brasil acabou com a motivação do jovem empreender! Viva o Estado Paquidérmico , viva a burocracia , viva a ineficiência !(Estes devem ser os temas de concursos públicos no Brasil ineficiente e atrasado)

  6. INFORMALIDADE = EMPREENDEDORISMO!
    SÓ NA CABECINHA SOCIALISTA-FASCISTA DOS NOSSOS POLÍTICOS E BUROCRATAS A “INFORMALIDADE” É UM PROBLEMA!
    NINGUÉM PRECISA DE “CARTEIRA DE TRABALHO”… MUITO MENOS DE CLT!
    NINGUÉM PRECISA PAGAR MIL IMPOSTOS…
    SÃO OS PARASITAS DO ESTADO BRASILEIRO QUE ADORAM REGRAS, REGULAMENTAÇÕES, TAXAS E O DIABO A QUATRO.
    PRECISAMOS NOS LIVRAR DESSA MENTALIDADE!
    ACHO QUE UNS 80% DOS TRABALHADORES AMERICANOS, SEGUNDO A CABECINHA SOCIALISTA E FASCISTA DESSA GENTE, ESTARIAM NA “INFORMALIDADE”.
    SIM, NO PAÍS MAIS RICO E PODEROSO DO MUNDO!
    O BRASIL É DE DOER!!!

  7. Num país que as leis trabalhistas complexas e burocráticas para o pequeno empreendedor com até 5 funcionários, a informalidade passa a ser um meio de sobrevivência para o empregado e o pequeno empreendedor! Precisar de advogado e contador para entender as novas taxas, e regras criadas a cada dia para se pagar impostos e estar em dia com o fisco dá nisto :informalidade ou morte das empresas pequenas e desemprego! Mas quem faz as leis mora numa ilha da fantasia chama Brasilia! OS LEGISLADORES E OS NOBRES JURISTAS NUNCA SEQUER TIVERAM UM BOTEQUIM OU UM MERCADINHO DE BAIRRO OU UMA PEQUENA CONSTRUTORA ….MAS A CADA DIA INFERNIZAM A VIDA DO EMPREENDEDOR BRASILEIRO COM MAIS IMPOSTOS,TAXAS E BUROCRACIA!

    com a justiça do trabalho