É sério, Maia?

O Valor informa:

“A campanha de Rodrigo Maia à reeleição na presidência da Câmara avançou nos partidos da base aliada do governo, especialmente no PSDB, mas é a decisão do deputado de assumir o controverso projeto de anistia do caixa dois que mais o credencia entre os colegas.”

Acrescenta o jornal que “conduzindo a votação a bom termo, do ponto de vista do Congresso, presidente da Câmara dificilmente encontrará concorrente competitivo”.

É gravíssimo.

Faça o primeiro comentário