Economia interrompe tendência de queda

A economia brasileira está revertendo tendências de queda.

O IBC-Br (uma prévia do PIB), divulgado mais cedo pelo Banco Central, mostra que a atividade subiu 0,03% em abril, permanecendo praticamente estável.

No ano, o recuo acumulado ainda ilustra o tamanho do estrago deixado por Dilma Rousseff: 5,97%.

200