Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Economista diz que Selic em 11,75% levaria inflação para meta em 2022

Segundo Livio Ribeiro, sócio da consultoria BRCG, os juros teriam que chegar nesse patamar até, no máximo, fevereiro do próximo ano  
Economista diz que Selic em 11,75% levaria inflação para meta em 2022
Foto: FGV

O economista Livio Ribeiro (foto), sócio da consultoria BRCG, projetou que o Banco Central precisaria levar a taxa básica de juros até 11,75% ao ano para que inflação de 2022 atinja o centro da meta, de 3,5%.

Ribeiro afirmou a O Antagonista que a Selic teria que chegar nesse patamar até, no máximo, fevereiro do próximo ano para que o ritmo de alta da inflação recue até o objetivo central.

Segundo ele, os efeitos da alta de juros levam de quatro a seis trimestres para se materializar na economia, o que obrigaria o BC a acelerar o ritmo de alta da Selic.

Isso, entretanto, não deve ocorrer. Em evento do banco HSBC, o diretor de Política Econômica do BC, Fabio Kanczuk, disse que a autoridade monetária manterá o ritmo de alta de juros em 1 ponto percentual.

Mais notícias
TOPO