Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em dia caótico, Ibovespa despenca quase 15% no fechamento

Em dia caótico, Ibovespa despenca quase 15% no fechamento
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 29/01/2019 - Vista de painel eletrônico da Bovespa (Bolsa de Valores), em São Paulo. (Foto: Cris Faga/Folhapress)

Em um dia marcado por forte turbulência desde o início do pregão, a Bolsa de Valores de São Paulo registrou sua maior queda em 22 anos.

O Ibovespa encerrou o dia despencando 14,78%, aos 72.582,53 pontos. É o patamar mais baixo desde 28 de junho de 2018 (71.766 pontos).

Também foi a maior queda diária desde 10 de setembro de 1998 (15,82%).

Na sessão desta quinta-feira, o circuit breaker foi acionado duas vezes, suspendendo as negociações. Só nesta semana, isso já aconteceu em quatro ocasiões.

Esta foi a quarta vez na história que os negócios na Bolsa de Valores de São Paulo foram paralisados duas vezes em uma única sessão.

No acumulado do ano, o Ibovespa já registra queda de quase 40%.

Entre as maiores baixas do dia, destaque para a Petrobras -- que perdeu mais de 21%. A Azul caiu 28%, e a Gol, 29%.

O dólar, como noticiamos, bateu hoje os R$ 5, mas desacelerou e fechou a R$ 4,78 (maior valor nominal de fechamento da história).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO