Embraer aprova decisão do Brasil de retirar reclamação contra Canadá na OMC

Embraer aprova decisão do Brasil de retirar reclamação contra Canadá na OMC
Foto: Sarah_Loetscher/Pixabay

A Embraer divulgou nota nesta quinta (18) em que diz receber “com satisfação” a decisão do governo de retirar a reclamação contra o Canadá na OMC.

“Apesar da solidez dos argumentos apresentados pelo Brasil no Painel, o contencioso na OMC não será capaz [d]e produzir os resultados esperados pelo Brasil e pela Embraer, em função das transformações por que passou o setor desde o início do contencioso, em 2017. Com a saída da Bombardier do mercado da aviação comercial e a transferência do programa C-Series (agora A220) para a Airbus, que dispõe de uma segunda linha de montagem final nos Estados Unidos, a disputa comercial contra o Canadá na OMC deixou de ser o caminho mais efetivo para se alcançar o objetivo do Brasil e da Embraer: o reestabelecimento de condições equilibradas de concorrência no mercado de aviação comercial”, diz nota da empresa, em linguagem muito semelhante à usada pelo Itamaraty.

Na manhã de hoje, o Itamaraty divulgou nota informando que o Brasil encerrou na OMC seu contencioso com o Canadá, iniciado em 2017.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO