Equipe de Bolsonaro volta a falar em novo imposto

Telegram

A equipe de Paulo Guedes voltou a falar na criação de um imposto sobre saques e transações financeiras, entre 0,4 e 0,45%, a fim de desonerar a contribuição previdenciária dos empregadores. Ou seja, uma CPMF.

Bolsonaro desautorizou mais uma vez essa informação.

Imposto novo só se for para substituir outros impostos — e diminuir a carga pesada que os brasileiros carregam nas costas. Foi para isso também que Bolsonaro foi eleito.

Comentários

  • Bira -

    A CPMF é um imposto justo e eficaz. Não é possível sonegá-lo. Seria muito importante para o equilíbrio das contas públicas. Além disso, a alíquota é baixa, quase imperceptível.

  • Ricardo -

    Não comecem errado. Se instituírem novos impostos, irão perder o apoio do povo. Comecem consertando a baderna que o PT deixou.

  • Goreba -

    Privatizar Banco do Brasil, Caixa, Petrobrás e tudo que o governo tiver para vender! O contribuinte não suporta esse Estado PESADO e ineficiente!!!

Ler 155 comentários