“Essa negociação é o reconhecimento do tamanho da Embraer”

O ex-presidente e fundador da Embraer, engenheiro Ozires Silva, disse ao G1 ser favorável a uma possível fusão entre a Boeing e a fabricante brasileira.

“Essa negociação é o reconhecimento do tamanho da empresa hoje e do que ela representa no mercado da aviação.”

E mais:

“De forma alguma isso deve ser visto como uma diminuição na expressão da empresa. A Embraer não vai deixar de brilhar por isso. A tendência é de crescimento. É por causa de seus ótimos resultados que isso veio. Eu vejo com bons olhos e estou honrado.”

Ozires fez apenas uma ponderação:

“O que precisamos é que sua marca [a da Embraer], orgulho para o Brasil, seja mantida, e que o desenvolvimento de tecnologias seja mantido. O mercado mundial está se adequando e o Brasil não pode ficar fora disso.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Felipe disse:

    A palavra final sobre Embraer está com o governo, portanto, eles irão melar qualquer crescimento efetivo no mercado da aviação e, daqui uns anos, a Embraer será uma pequena empresa, pois a política falou mais alto e não deixará fazer a fusão, como já sinalizou o governo! Alguém duvida?! E sempre sob o pretexto que a Embraer é brasileira, o controle deve ficar com o governo e todo aquele blá blá blá de politiqueiro corrupto para abocanhar um dim dim!

Ler comentários
  1. Sobrinhos do Capitão disse:

    A esquerda jurássica já está toda assanhada com essa nova bandeira.

  2. RENATO LORENZONI PERIM disse:

    Meu comentário nunca é publicado. Sitezinho de merd@.

    1. Agora entendi porque o seu comentário nunca é publicado!! Não tem nada a acrescentar e depois os outros são cabeça de Ameba!! Então fique ai tentando bolar algum comentário com conteúdo que os Antagonistas lhe permitam divulgar!! Mas por favor, tente, pense, procure as palavras, faça o tico tocar no teco, os seus únicos dois neurônios! Aliás se não souber o que é Neurônio, busque no dicionário!! Vou aguardar o seu grande comentário!! Até pedir um ajuda para vc conseguir inserir os seus comentários no site!! Mas olha, sem ofensas!! Pessoas Equilibradas, sensatas e inteligentes fazem comentários concatenando as ideias. Mas calma na hora de responder este meu post, tome um rivotril, caso contrário só vai sair lixo desta sua cabeça!!

  3. Nacionalista disse:

    Nós, brasileiros, somos um povo superior e não devemos nos submeter aos interesses de povos inferiores como americanos e chineses. Nosso destino é dominar o mundo.

  4. ruivinha cara disse:

    Só republiquetas como o Brasil se interessam por empresas obsoletas.

  5. MARIO GOMES disse:

    OBRIGADO FHC !! OBRIGADO OZIRES SILVA, CORONEL da AERONÁUTICA .... MILITAR ! SAUDADES DA DITA ""DITADURA"" BONS TEMPOS !!

  6. odorico sucupirense disse:

    O governo brasileiro deveria estatizar a Embraer e comprar a Boeing, não necessariamente nessa ordem.

  7. Marcelo disse:

    A parceria é bem vinda. E quem sabe, mais pra frente, talvez possamos pensar em venda.

  8. NA ERA DOS MILICOS disse:

    Ozires Silva = CORONEL da Aeronáutica. Não omitam informações IMPORTANTES, Anta$ori$ta$.

    1. Ozires Silva = FUNDADOR da Embraer. Não seja idiota, se não fosse Ozires, a Embraer não existiria. E LEIA a história de nascimento da Embraer, para saber que sem o Oziris, não haveria Embraer hoje. Isto é um FATO!

  9. Magnum disse:

    Não se trata de tecnologia, de patriotismo, defesa nacional e tantas outras lorotas. Se trata de dólares, precisamos das doletas dos jatos. A Bombardier passará a fabricar seus jatos nos EUA pós tarifaço de 300% imposto pela Casa Branca. Para a Embraer poderia até ser bom. Para os brasileiros seria trágico, já que toda a produção deve se mandar para os EUA.

  10. Sigefredo Fontoura de Sousa disse:

    Acredito que deveria ser formada uma parceria no desenvolvimento de novos produtos entre as empresas sem que a Embraer seja vendida.

  11. enfronhado disse:

    Falou quem está por dentro. O resto é chute, exibicionismo, papo furado, frescura.

  12. Salva Brasil disse:

    Detalhe, o Brasil tem apenas ações preferenciais com a condição de Golden Share, ou seja, poder de voto que na época foi estruturada desta forma para evitar que fosse vendida a Coroa da Rainha. É uma indústria do conhecimento, queremos ter "calos" nas cabeças e não apenas nas mãos montando o quebra cabeça de aviões!! É um Sr. ativo! Lembro que os grandes pulos tecnológicos no mundo vieram da indústria de Guerra, todas elas, em toda a história do mundo. Temos que mantê-la, vendam os Correios!!! Privatizem os aeroportos e tantas outras empresas, mas não joguem fora o conhecimento.

    1. Jogar fora o conhecimento, o que será isso? O povo está cada vez mais idiotizado.

  13. luizs disse:

    Aí está um grande brasileiro. Se ele concorda com a fusão é porque ela é boa. Vi na reportagem na tv, um barbudão do sindicato dos metalúrgicos de São José dos Campos protestando contra a fusão. Se um barbudão do sindicato é contra a fusão, é porque ela é boa.

  14. Nacionalista disse:

    Não devemos vender e nem privatizar nenhuma empresa brasileira. O Brasil deve estar acima de tudo, e todos devem servir ao Brasil. O Brasil deve conquistar o planeta e até o Universo.

    1. Que planeta, que universo? . O mundo é plano, caipira. .

  15. Salva Brasil disse:

    Me desculpa Sr.Ozires, acredito que esta indústria é estratégica, se fosse assim a China não desenvolveria profissionais nesta área e deixaria tudo com os Americanos. O Sr. sabe que os Americanos não conseguiram emplacar os F-15, F-14, pois eles não abrem o código fonte onde esta a tecnologia de ponta e que ajudaria a Embraer, que o Sr. elogiou tanto, a se desenvolver e se tornar um Player de respeito no mundo. Este pensamento que devemos privatizar tudo, vender tudo é para quem tem segundos interesses, esta área da aviação é um berço de aprendizagem e um ativo fundamental para o desenvolvimento do Brasil, se for vendida, o Brasil mais uma vez será secundário e servirá apenas para montar os aviões, mão de obra, apenas a mão e a cabeça perdemos. Não sou nacionalista, mas esta tem que ficar!

    1. RENATO LORENZONI PERIM, Já que voce se acha tão competente em negócios estratégicos nacionais e internacionais justifique sua posição aqui nas próximas linhas para todos nós entendermos do que és capaz e deixe de chamar um grande país como o Brasil de "brasilzinho" e também explique onde você encontrou a palavra "ultimário" pois ela não existe no dicionário e nem na relação de verbos da língua pátria. Por último, não chame as outras pessoas de "cabeça de ameba" se você não as conhece. Respeite a opinião alheia pois aqui neste espaço todos têm o direito de opinarem.

    2. Se houvesse um mínimo de esperança de que o Brasil venha a ter tecnologia para fabricar aviões sem depender de ninguém, seu raciocínio até faria sentido. Como a Embraer usa motores Pratt&Whitney e eletrônicos Honeywell, não faz sentido nenhum.

    3. O brasilzinho não é secundário, ele é ultimário. Que argumento mais imbecil esse de estratégico. Cabeça de ameba.

  16. Ex petista disse:

    Se fosse a dilma ela teria vendido pra china e se fosse o lula ele teria vendido para o irã igual ele fez com as refinarias na bolivia...cambada de lixo tinham que ser enforcados em praça pulblica esses demônios seguidores de fidel..

  17. Celsius disse:

    . Tudo canalhice programada. A Nova Ordem Mundial quer juntar todas as empresas em uma só. Uma vai comprando a outra e o povo otário não percebe. Tudo com o dinheiro do próprio povo, temos o exemplo do B. N. D. E. S. Esses canalhas são os donos do mundo. .

    1. Nós brasileiros vamos derrotar a Nova Ordem Mundial e nós é que vamos dominar o planeta. O mundo será dos brasileiros.

  18. Celsius disse:

    . Reconhecimento passar a empresa nacional construida com dinheiro e suor dos brasileiros para outros países? . Esses canalhas só fazem frases desconexas da realidade para enganar a população. Ninguém conta a verdade. .

    1. Vc até hj não sabe que a Embraer foi privatizada ? kkkkkkk Cara , vc´é desinformado demais da conta, o governo só tem 5,37% das ações dela. Vc acha que se a Embraer fosse estatal, ela teria crescido esse tanto e não teria sido saqueada pelo Lula e quadrilha ? Quando ela foi privatizada tinha a encomenda de 2 aviões Brasília, depois ia fechar a Embraer , já que a grande maioria dos funcionários já haviam sido demitidos. Cara, atualize antes de fazer comentários.

  19. alceu disse:

    Essa é a hora da verdade. Qual o custo/benefício com a venda da Embraer? Sem patriotismo e sem entregação, é valido uma parceira com a Boeing para competir com a Airbus/Bombardier, mantendo o nome da empresa e adquirindo mais tecnologia em um mercado competitivo. Falei!

  20. mauricio disse:

    Se fosse os lixos dos chineses abriam as pernas.

  21. vander disse:

    conversa que já vem a tempo sendo discutida, entre Boeing e Embraer, com a maior cara de pau o governo, a imprensa diz que eles não sabiam, só para otário acreditar, as ações da Embraer é pulverizada no mercado, muitos tem suas ações, principalmente grandes grupos estrangeiros, dizer que alguém vai ganhar dinheiro se corrompendo caso fizerem a negociação é mentira, pois nesta situação ganha-se com a venda e lucros das ações compradas antecipadamente, dizer que funcionários serão dispensados ou fecharão a Embraer, temos exemplos recentes, a telefonia, vale do rio doce, furnas e outras, que ai estão funcionando melhores que na mão do estado e politicos safados, que não é o caso da Petrobras

  22. Ronaldo César Freire Pinto disse:

    É do mesmo bando Ladrão corrupto e comprometido com a ORCRIM

  23. jorge Pescador disse:

    A Embraer nas mãos dos milicos faliu vergonhosamente.A empresa foi vendida por um real. A dívida era maior que....

    1. Imbecil não fales o que nada sabes! Vás lamber o rabo de teu ídolo Luladrão !

  24. disse:

    PORRA!!! "HENRIQUE MEIRELLES" Quiz vender (DOAR) a Embraer à Boeing atraves da venda das ações "Goldem Share" tudo na moita e ainda com autorização do TCU, o Azar dele foi divulgação de um jornal Americano "The Wall Street Journal" sobre a transação ( TAKEOVER), aqui ninguém ia ficar sabendo, talvez só depois, Câde os militares????? Nem o TEMER Sábia!!

    1. É do mesmo bando Ladrão corrupto e comprometido com a ORCRIM

  25. Magnum disse:

    Os sindicalistas já sabem que perderão seus empregos. O Meireles já sabe que o país perderá dólares. Só o bananeiro da classe média não sabe que perderá poder de compra. A classe média bananeira é mais tapada que um sindicalista. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  26. franc disse:

    A esclerose atacando... A Boeing quer adquirir os projetos EMBRAER aprovados pela FAA e construi los em Seattle. Mais gente especializada desempregada na terra dos patos batedores de panela!!! ...e como sempre, braziu ladeira abaixo.

  27. O Analista disse:

    Exatamente! A Boeing só está querendo fazer com a Embraer o que foi feito entre a Airbus e a Bombardier, concorrentes diretos da Boeing e Embraer, respectivamente. Se a Embraer ficar de fora deste negócio, a Boeing se junta com uma chinesa, e a Embraer se ferra. A Airbus, ao se juntar com a Bombardier, manteve o nome dela, pois trata-se de um segmento diferente. O nome da Embraer (ainda) é forte, e deve aproveitar isto.

  28. MULHER X disse:

    OCORRE QUE VAO PASSAR A RÉGUA E ACABAR COME LA E OS POSTOS DE TRABALHO E AS EMPRESAS PARAKLELAS A EMBRAER, NA EUROPA VC NAO PODE CONTRARAR UM OPERARIO EM QQ EMPRESA MESMO QUE SEJA EMPRESA IMTERNACIONAL, SE NAO COLOCAR A VAGA NOI MERCADO DO PAIS, NAO HAVENDO QUEM EXERÇA A VAGA , COLOCAR NA EUROPA, E SE NAO PREENCHER , AI PODE PARA OUTRO PAIS, MAS NO BRASIL ESTAO ENTRANDO MILHARES DE FUCNIONARIOS ESTRANGERIOS E COMENDO POSTO DE BRASILEIRO. A CHINA, EUA . QUEM COMPRA TRAS GRANDES FUNCIONARIOS, ENGENHARIA PRINCIPALMENTE.

    1. Não fala uma frase que se entenda e ainda grita.

  29. tatu disse:

    Fantástica empresa feita de gente muito competente uma raridade e uma ilha de excelência no Brasil... intocada pelos servidores públicos, políticos e sindicatos nojentos, canalhas e corruptos que insistem em sobreviver...

  30. Odnumoduclisarb disse:

    E o tal discurso de privatizacao (não essa mentira de PPP!) é da boca pra fora !

  31. Pedro Lemos disse:

    Ou seja, para que a Embraer continue grande, deve pensar grande. Permanecendo no seu cantinho, verá a concorrência voar mais alto.

  32. Ex-microempresário disse:

    O Brasil não consegue fabricar suas próprias pistolas para a polícia (lembram do caso da Taurus?) e tem brasileiro "nacionalista" achando que vamos projetar e fabricar jatos militares de ponta. A Embraer faz um bom avião COM HÉLICE conhecido como Super Tucano, e está lançando um ótimo cargueiro para uso militar e civil. Ao achar que a Embraer é o que não é, os brazucas prejudicam ao invés de ajudar, com suas idéias de nacionalismo do século dezenove.

  33. milton disse:

    Se o acordo Embraer-Boeing nao sair, a Boeing uma empresa muito maior que a Embraer, sem duvida desenvolvera uma versao de suas aeronaves ou um novo modelo para o Mercado regional. Feito, isso literalmente levara a Embraer a perder vendas e ficar em dificuldade financeira. Minha sugestao: vende-se a area commercial; que fabrica os jatos de 170/175/190/195 e sua versao mais nova E2; e mantem a area da defesa e aerea da aviacao executiva. Com isso matem os programas estrategicos para o Brasil - KC390/super tucano/Gripen e as aeronaves executivas (acredito que a Boeing nao tem interesse em entrar no Mercado de aviacao executiva). Essa parece ser a melhor solucao, porem sou a favor de vender toda a empresa e aproveitar-se da tecnologia da Boeing para melhorar todos os seus produtos.

    1. Caro Milton Entenda o seguinte, não existe almoço grátis! Este indústria é uma das mais ricas em tecnologia de ponta, é estratégica e fundamental, vc acredita mesmo que os Americanos estão pensando em repassar o conhecimento para Embraer? Depois de comprada, vira uma subsidiária e vai apenas montar aviões como se fosse um quebra cabeça. Tenho conhecidos na FAB para não falar outra coisa e sei que os caças americanos sempre tiveram longe de serem escolhidos pela FAB, pois não abrem o código fonte, ou seja, não repassam a tecnologia que levaram anos desenvolvendo, o resto do avião é "casca" não vale nada!! É uma indústria importante para o Brasil. Os Suecos estão compartilhando este conhecimento e abrirão o código fonte, a tecnologia e assim a Embraer poderá deslanchar no seguimento de Caças

  34. O Analista disse:

    A gente faz assim: mantém este patriotismo idiota, deixa a Boeing se juntar com alguma empresa chinesa, e com os dois gandes grupos que se formam: Airbus+Bombardier e Boeing+Chinesa, a Embraer, "super estratégica" vira uma Avibrás da vida, e morre com sucatas em poucos anos.

    1. VC acha mesmo que o governo americano aprovaria que os chineses se infiltrassem na maior fabricante de aviões de combate do mundo com risco de ver grandes projetos como o do F35 cair nas mãos deles, lá também tem golden share viu.

    2. Exato! Lá vem o velho nacionalismo de "a Embraer é nossa." Lá vem a velha reserva de mercado. O que ganhamos com isso até hoje? E o que perdemos com "o petróleo é nosso"? A única coisa que temos é atraso mental, político, falta de visão. O Brasil tem MEDO de ser bom, prefere ser pobrezinho. Haja ignorância!

    3. Bem isso. E o Brasil "estratégico" terá duas alternativas: comprar aviões mais baratos e melhores da concorrência, ou subsidiar a Embraer comprando dela aviões mais caros. Estratégia ou estragédia?

  35. chega de caipirismo disse:

    Enfim, uma voz sensata. Não se poderia esperar menos de Ozires Silva.