“Extremamente deselegante e muito ruim para a relação de confiança”

Sobre os ajustes prometidos por Michel Temer na reforma trabalhista — que entrou em vigor no último sábado –, Eunício Oliveira discorda de Rodrigo Maia.

Para o presidente da Câmara, as mudanças via medida provisória, como prometeu o Planalto, seriam “inconstitucionais”. Já o presidente do Senado…