Falando sozinho

Ninguém se interessou em apresentar propostas para o leilão do Banco Postal, controlado pelos Correios. O prazo venceu hoje. O edital previa um contrato de dez anos, renovável por mais dez, e lance mínimo de R$ 1,2 bilhão.

Agora os Correios negociam um contrato temporário de até seis meses com o Banco do Brasil, que opera o Banco Postal desde 2011. O contrato atual vence em 2 de dezembro.

Faça o primeiro comentário