Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fed mantém taxa de juros nos EUA próxima de zero, sem sinal de alta

Setores mais afetados pela pandemia da Covid 'mostraram melhora, mas não se recuperaram totalmente', diz BC americano em nota; entidade acrescenta que seguirá usando 'todas as ferramentas disponíveis'
Fed mantém taxa de juros nos EUA próxima de zero, sem sinal de alta
Foto: Federalreserve.gov

O Federal Reserve, banco central americano, manteve nesta quarta-feira (28) a taxa básica de juros dos EUA próxima de zero e disse que a economia continua a progredir, apesar das preocupações com a pandemia do coronavírus.

A manutenção do juro básico, porém —sem sinal de alta—, indica que a autoridade monetária acredita que o risco de inflação é menor que a necessidade de estimular a economia mantendo os juros em níveis baixos.

“Os setores mais afetados pela pandemia mostraram melhora, mas não se recuperaram totalmente”, disse o comunicado divulgado pelo Fed após a reunião.

“A inflação subiu, refletindo em grande parte fatores transitórios. As condições financeiras gerais permanecem acomodatícias, em parte refletindo medidas para apoiar a economia e o fluxo de crédito para famílias e empresas dos EUA”, acrescenta a nota.

Mantendo o tom de seus comunicados dos últimos meses, o Fed também destacou que a entidade seguirá aplicando “todas as ferramentas disponíveis” para apoiar a recuperação da economia.

Em coletiva logo após o anúncio da manutenção das taxas, o presidente do banco central, Jerome Powell (na foto), disse que a autoridade monetária continua “fortemente comprometida” em atingir seus dois maiores objetivos —pleno emprego e estabilização dos preços— com a política monetária atual.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO