Fiesp vai à Justiça para impedir aumento do ICMS em SP

Fiesp vai à Justiça para impedir aumento do ICMS em SP
Foto: Flávio Florido / Ricardo Yoithi Matsukawa-ME / Sebrae-SP.

A Fiesp acionou o Tribunal de Justiça de São Paulo para suspender o pacote de ajuste fiscal proposto por João Doria e aprovado na semana passada pela Alesp.

A federação diz que a lei, já em vigor, prejudica o setor produtivo ao permitir o aumento do ICMS sobre medicamentos e itens básicos como ovos, carne, farinha de trigo e escovas de dente.

A consequência, diz, será o repasse dos valores aos consumidores, “que já estão com uma renda reduzida e comprometida por conta dos prejuízos causados pela pandemia de Covid-19”.

Nas redes, Paulo Skaf criticou o governo Doria pela aprovação da lei.

“Quero lembrar que não houve nenhum estímulo do governo estadual neste período de pandemia, não houve redução de imposto, não houve postergação de prazo, não houve redução de multa. Pelo contrário. Até houve penalidades durante este período. Então, na realidade, nós tentamos o diálogo, tentamos a articulação política e nos restou a iniciativa de tomarmos uma medida judicial”, postou.

Leia mais: A revista tanto fuçou que conseguiu mais uma história espetacular.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 22 comentários
TOPO