ACESSE

"Fizemos o que era possível ser feito", diz Bolsonaro sobre FGTS

Telegram

Um dia depois do anúncio da liberação de saques de contas ativas e inativas do FGTS, Jair Bolsonaro disse que o governo fez “o que era possível” e classificou a medida como “um pequeno ânimo para a economia”.

Os saques do FGTS poderão ser realizados a partir de setembro — o limite será de R$ 500 por conta.

“Fizemos o que era possível ser feito. Quem acha pouco, é só não retirar [os recursos]”, disse o presidente, em Manaus.

Bolsonaro muda: quem ganha poder no Planalto? (e quem perde) Leia mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 59 comentários