FMI reduz previsão de crescimento do Brasil em 2018

O Fundo Monetário Internacional revisou para baixo a previsão de crescimento do Brasil em 2018 –de 2,3% para 1,8%.

Segundo os economistas do FMI, a revisão se deve ao impacto da greve dos caminhoneiros e à piora das condições econômicas globais.

A incerteza das eleições presidenciais brasileiras também pesou. Além disso, o Fundo voltou a destacar a necessidade de uma reforma da Previdência, considerada “medida fundamental” para o equilíbrio fiscal.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 15 comentários
    1. Preparada?????? é brincadeira da tua parte, ela foi incapaz de tomar posicionamento, com menos de 24 horas, em qualquer assuntos importantes que aconteceu no Brasil nos últimos 4 anos

    1. Pelo discursinho do “golpista” deve ser petralha.
      Flavia, Seus idolos quebraram o país e você ainda torce contra, faça-nos um favor, pegue as suas malas e vá embora pra Cuba, Venezuela, Coreia do Norte, porque se o seu desejo é que o Brasil piore, seu lugar não é aqui.

  1. ACHO QUE TEM DE PAGAR OS JUROS DA DÍVIDA PARA O EQUILIBRIO DAS CONTAS DO BRASIL.
    DO JEITO QUE VAI INDO, A PREVISÃO DE CRESCIMENTO SENDO REDUZIDO A CADA 3 MESES, PODEREMOS FICAR NEGATIVO SE CONTINUAR ASSIM.
    HERANÇA MALDITA DESSES SATANISTAS QUE ESTÃO AI NO PODER A 15 ANOS.

  2. DE UM POVO ESTÚPIDO, IDIOTA, SEM EDUCAÇÃO,
    SEM CULTURA, SEM VERGONHA NA CARA.
    SEREMOS ETERNAMENTE O PAÍS DE LULADRÃO,
    JANETE, BOÇAL ASNO, TIRO GOMES, PICOLÉ DE CHUCHU,
    MARINA DUENDE, DRÁCULA TEMER, SARNENTO,
    RÉUNAN, E TANTOS OUTROS FILHOS DAS P U T A S.