Fux dá ao governo 48 horas para explicar tabela de fretes

Luiz Fux decidiu hoje dar prazo de 48 horas para o governo federal se manifestar sobre a MP que instituiu preços mínimos para os fretes, registra o G1.

O ministro do STF pediu informações à Presidência da República, à ANTT e à chefia do Cade, entre outros órgãos federais.

Fux é relator de ações da associação das transportadoras (ATR Brasil) e da CNA, que contestam o tabelamento dos fretes alegando que ele fere a economia de mercado. A medida foi uma das adotadas pelo governo para pôr fim à greve dos caminhoneiros.

Comentários

  • Marcos -

    Aos descerebrados dos comentários que defendem o controle de preços: se querem rasgar dinheiro, façam com o seu e deixem o resto do povo em paz. Nunca na história da humanidade controle de preços terminou bem. Essa medida não será aceita jamais.

  • ERNESTO -

    Uma coisa não entendo. Coloca o preço do diesel no frete e pronto. Será que é tão difícil?

  • Paty -

    Que enrascada, hein? Talvez a saida honrosa seja estabelecer, por um certo período, um valor de custo do frete por quilômetro e definir como mínimo. O valor do frete fica por conta do acerto entre as partes, como manda a lei de oferta e procura. Tirar os subsídios do financiamento via BNDES para novos caminhões até que o mercado se equilibre. Mas ai começaria a chiadeira da ANFAVEA...

Ler 12 comentários